“Todas as pessoas, mesmo assintomáticas, devem consultar um nefrologista após os quarenta anos de idade” “Todas as pessoas, mesmo assintomáticas, devem consultar um nefrologista após os quarenta anos de idade”
05/Jun/2017 - 2259 Visualizações

ENTREVISTA COM DR. LEANDRO CANCELLI

Formado em medicina pela Universidade Federal do Paraná, tem no currículo duas Residências Médicas, sendo especialista em Clínica Médica e Nefrologia e atuante como coordenador do setor de urgência e emergência da Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa. A FIX entrevistou o médico, que além de sua competência técnica é reconhecido pela atenção e carinho no cuidados com seus pacientes.

Empatia é a capacidade de colocar-se no lugar do outro, virtude não muito comum de se encontrar no ser humano hoje em dia. É notável sua empatia com as pessoas em geral, sejam pacientes, colegas médicos, funcionários do hospital; de onde vem essa sua característica?

Eu gosto de gente. Acredito que fui criado dessa maneira, a valorizar o afeto com as pessoas e ouvi-las, seja em momentos de alegria ou tristeza. Logicamente, na medicina são inúmeras situações em que temos que lidar com o sofrimento, angústia e dor. Mostrar compaixão com o próximo e tratá-lo com carinho fortalece a relação médico-paciente e minimiza o fardo que é a doença.

 

É cada vez menor o número de médicos clínicos gerais para atendimento e acompanhamento de doenças em geral, sendo que grande parte das vezes o paciente é conduzido a diversos especialistas até ter seu problema de saúde solucionado. Porque isso tem ocorrido?

O imenso avanço tecnológico e científico da medicina nos últimos anos tem se tornado algo notável e fica cada vez mais difícil para o médico diagnosticar e tratar com excelência todas as doenças de tantas áreas médicas distintas. Observamos então que após o término da graduação, grande parte dos médicos busca especializar-se cada vez mais, restringindo seu atendimento e atenção a determinadas áreas da medicina, deixando para trás o atendimento geral.

 

E como isso afeta os pacientes?

O problema é que o doente que busca atendimento se vê obrigado a fazer um diagnóstico inicial por conta própria para decidir qual especialista buscar, por exemplo, uma pessoa com quadro de falta de ar pode estar sofrendo de uma afecção pulmonar, cardíaca, nefrológica, infecciosa ou outra, e a qual especialista ela deve recorrer? Um pneumologista? Cardiologista? Nefrologista? É nesse contexto que observamos a importância do Clínico Geral, pois com uma visão mais ampla do organismo humano, será o médico responsável pelo diagnóstico e tratamento inicial da doença, sendo que em grande parte das vezes resolverá o problema e não será necessária a consulta com outro especialista.

 

Enxergar a doença e não o paciente como um todo é um problema da medicina moderna?

Gosto de me colocar como o médico clínico geral de confiança da família e poder acompanhar meus pacientes ao longo da vida, conhecendo profundamente seu histórico, levando em conta aspectos mais abrangentes de sua saúde como estado psicológico, social e familiar. Muitas vezes ajudar a entender a conduta de outro especialista e esclarecer dúvidas a respeito do uso de diversos medicamentos receitados por vários médicos diferentes.

 

Quais as principais doenças que abrangem a área da Nefrologia?

O médico Nefrologista é aquele especializado em doenças do Rim e sistema urinário. Dentre suas diversas atividades, podem-se destacar: prevenção de doenças renais, diagnóstico e tratamento de hipertensão arterial (pressão alta), infecções urinárias, nefrites, litíase renal (pedra nos rins), doenças renais císticas, lesão renal aguda, doença renal crônica entre outras. Além disso, é o médico responsável pelos métodos de substituição renal, necessários quando o rim deixa de funcionar satisfatoriamente e necessita de terapia específica para suprir sua deficiência, dentre elas temos: hemodiálise, diálise peritoneal e transplante renal.

 

E quando o paciente deve procurar o Nefrologista?

Todas as pessoas, mesmo assintomáticas, devem consultar um nefrologista após os quarenta anos de idade para realização de exames periódicos de função renal (como a creatinina), em especial os pacientes hipertensos, diabéticos, com histórico familiar de doença renal, obesos, tabagistas ou com algum indício de doença cardiovascular. Pacientes com falta de apetite, cansaço, palidez cutânea, inchaço nas pernas, aumento da pressão arterial e alteração dos hábitos urinários podem estar manifestando indícios de doença renal e, por isso, merecem uma avaliação pelo nefrologista em qualquer fase de sua vida.

 

Com o envelhecimento da população brasileira e mundial é esperado que os problemas de saúde na terceira idade sejam cada vez mais discutidos e que atitudes preventivas sejam cada vez mais encorajadas por toda a sociedade. Qual sua recomendação para as famílias cuidarem melhor de seus idosos?

O envelhecimento da população brasileira e mundial tem gerado em todas as esferas atenção especial a uma “nova” massa de indivíduos com um perfil que inspira cada vez mais cuidado. Isso se aplica tanto na economia, mobilidade urbana, acessibilidade e, principalmente, quanto à saúde das pessoas. Por isso, a medicina moderna, em busca de maior longevidade, tem se atentado à qualidade de vida dos indivíduos em todas as fases de sua vida, desde a juventude até à velhice, pois é certo que teremos uma população cada vez mais idosa, mas o que não se sabe é como estará a saúde dessas pessoas ao longo do tempo.

A agitação e turbulência da vida cotidiana levam as pessoas a dedicarem cada vez menos tempo às suas casas e às suas famílias e isso tende a ser um problema quando algum membro da família chega à terceira idade com alguma limitação física ou mental, necessitando de cuidados em tempo integral. Isso gera um conflito familiar que muitas vezes é resolvido com a contratação de cuidadores especializados, que se tornam verdadeiros anjos da guarda para essas famílias.

 

Como se assegurar que o cuidador contratado é realmente uma pessoa capacitada e de confiança?

Ao colocar alguém em sua casa para cuidar de um familiar idoso, o indivíduo deve se certificar se esse cuidador possui treinamento adequado e experiência na área. Para isso, existem empresas altamente especializadas nesse tipo de serviço, como a Home Angels, que é a maior empresa da América Latina especializada em cuidados de pessoas, com mais de 170 unidades no Brasil, com unidade também em Ponta Grossa (homeangels.com.br/pontagrossa) 

A Home Angels auxilia famílias que necessitam de um cuidador em domicílio, colocando dentro da casa do cliente um funcionário uniformizado, treinado, constantemente supervisionado, apresentando relatórios diários dos cuidados prestados, bem como planilhas de medicamentos, alimentação, cuidados com feridas e sondas, sendo que o material é enviado aos familiares periodicamente; é um serviço personalizado com funcionários contratados diretamente pela empresa de acordo com a necessidade de cada família, o que traz segurança quanto à qualidade técnica e jurídico-trabalhista para o contratante.


Para mais informações sobre Saúde, Nefrologia e Longevidade acesse: drleandrocancelli.com.br.

 

cache/resized/6a4ec36445ee0772d457c990014afe72.jpg
cache/resized/82158a6921e54a7035dc68e04bd1f811.jpg
cache/resized/05e8ebfb02af884a841fe49a124df70a.jpg
cache/resized/6491d676a01075b6fbc7d1cac3ac8af2.jpg
cache/resized/5f40f5d3bd6615f62d2cc340feb9c64b.jpg
cache/resized/ed0a783149867f450207259aeb3749ea.jpg
cache/resized/b3147a2627ba9599c34f16a238897578.jpg
cache/resized/1d1763d7cf52f48e9429bd91dcd751ed.jpg
cache/resized/3228e19ad232841ff28556e884f7f75d.jpg
cache/resized/fa06cf3a4b77a41318a928c38bb6fa55.jpg
  • Twitter
  • Instagram
  • Pinterest
  • Soundcloud
  • Youtube
  • Facebook

Populares

Contato

  • Rua Hermínio Baggio, 39
    Ponta Grossa | PR
    (42) 3223 - 3392
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.
    This email address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it.

Top